Abertura de processo seletivo simplificado e realização do certame

Fluxo do processo para abertura de processo seletivo simplificado para contratação de professor substituto, realização do certame e contratação

Passos Setor Procedimentos
1 Departamento de Ensino de origem da abertura do processo seletivo 1. Certifica-se de que na mesma área/campo de conhecimento em que o processo será aberto não há outros processos seletivos vigentes no departamento, com candidatos aprovados, aguardando contratação ou que não há candidatos aprovados em concurso público (prof. efetivo) aguardando nomeação;

2. Caso haja candidatos aprovados em processo seletivo aguardando contratação, que atendam a necessidade do departamento, realizar o procedimento que está detalhado no fluxo: contratação de substituto classificado em vaga excedente;

3. No caso de haver candidatos aprovados em concurso público (prof. efetivo) aguardando nomeação:

3.1 A justificativa para contratação de professor substituto sendo temporária (licença saúde, afastamentos para formação, cessão…): o departamento deverá consultar o candidato quanto ao interesse de assumir como professor substituto, conforme detalhado no fluxo de processos / Professores Substitutos: Contratação: vaga excedente ao edital;

3.2 A justificativa para contratação de professor substituto sendo definitiva (vacância, aposentadoria, exoneração…): o departamento deverá avaliar sobre a possibilidade de nomear o candidato aprovado em concurso público, conforme detalhado no fluxo de processos / Professores Efetivos: Nomeação de candidato aprovado – vaga excedente ao nº de vagas do edital;

4. Não ocorrendo os casos dos itens 2 e 3, o Departamento deverá preencher o formulário de abertura, abrir um processo físico no SPA e tramitá-lo para DEN/PROGRAD, além de encaminhar o processo físico ao DEN.

2 DEN/PROGRAD 1.  Analisa o processo;

2. O formulário estando devidamente instruído, o DEN encaminha o processo ao DDP/PRODEGESP;

3. O formulário não estando devidamente instruído, o processo retorna ao Departamento de origem para adequação.

3 DDP/PRODEGESP 1. Publica o edital do processo seletivo simplificado no Diário Oficial da União, no jornal de grande circulação e na página da UFSC;

2. Envia o processo ao Departamento de Ensino de origem com as orientações de como proceder com o processo seletivo.

4 Departamento de Ensino de origem da abertura do processo seletivo 1.  Divulga o Edital e o programa de pontos do processo seletivo (no mural do departamento, colégio ou campus universitário fora da sede, bem como em sua página na internet);

2. Recebe as inscrições, homologa às inscrições, publica a homologação das inscrições no mural do departamento, colégio ou campus universitário fora da sede, bem como em sua página na internet (*atenção aos prazos de recursos,  previstos na Portaria Normativa 41/2013/GR);

3. Publica a portaria de banca e o cronograma de provas  no mural do departamento, colégio ou campus universitário fora da sede, bem como em sua página na internet (*atenção aos prazos de recursos, previstos na Portaria Normativa 41/2013/GR);

4. Realiza a(s) prova(s). Atenção para as orientações divulgadas pelo DCT/DDP/PRODEGESP no link http://segesp.ufsc.br/ddpp/concursos/  quanto aos “procedimentos para o Processo Seletivo – Substitutos” e “Planilha de Cálculo para o Processo Seletivo – Substitutos”.

5. Divulga o resultado conforme art. 33 da Portaria Normativa 41/2013/GR;

6. Após o período de recursos, encaminha o processo físico e pelo sistema (SPA), com as devidas aprovações ao DCT/CAC/DDP/PRODEGESP, para que seja homologado.

5 DDP/PRODEGESP 1. Homologa o resultado final no Diário Oficial da União;

2. Encaminha o processo ao DEN/PROGRAD.

6 DEN/PROGRAD 1. Emite o memorando autorizando a contratação do (s) candidato (s) aprovado(s);

2. Encaminha o processo a DDP/PRODEGESP.

7 DDP/PRODEGESP 1. Convoca o candidato aprovado, solicitando a documentação necessária para contratação e elabora o contrato (documentos necessários para contratação neste link);

2. Realiza o cadastro no SIAPE com os devidos lançamentos e atualizações no sistema da folha de pagamento;

3. Emite memorando com as admissões para a Coordenadoria de Pagamento de Pessoal (CPP/DAP) e Divisão de Benefícios e Licenças (DBL/DAP);

4. Realiza o cadastro do professor no sistema ADRH;

5. Arquivamento do processo.